Catálogo
Voltar atrás
-10%

UMA NOVA CONCEPÇÃO DA TERRA

Seiya Uyeda

  • Edição Janeiro 1992
  • Colecção Ciência Aberta
  • ISBN 978-972-662-245-1
  • Páginas 268
  • Dimensões 0 x 0
€14,13 €12,72

Até finais dos anos 60 os cientistas acreditavam que a Terra era um corpo rígido, com continentes e oceanos fixos. A revolução científica, apoiada na teoria da tectónica de placas, veio então provar que a Terra tem uma superfície frágil em constante movimento, composta por grandes placas que colidem, se separam e voltam a colidir. Estes movimentos são os responsáveis pela criação de novas bacias, montanhas, vulcões, terramotos e outras características e acontecimentos dramáticos.

Num estilo informal e aliciante, o geofísico japonês Seiya Uyeda introduz o leitor - com a autoridade que só um participante chave na actividade de investigação pode alcançar - na teoria da tectónica global, apresentando ainda uma concepção filosófica da investigação científica que mostra como o pensamento científico pode evoluir. As numerosas referências ao método científico, à filosofia da ciência e às diferenças que existem entre ciência teórica e experimental fazem de Uma Nova Concepção da Terra um momento de leitura informativa e estimulante para todos os que se interessam pelo estudo da evolução do planeta.

«As teorias modernas expostas com grande clareza em todos os pontos: um grande livro, escrito por um grande cientista.»

CLAUDE ALLÈGRE, autor de A Espuma da Terra


SEYDA UYEDA é professor de Geofísica na Universidade de Tóquio. Depois de se Ter doutorado no Japão, em 1958, foi consultor académico das Universidades de Oxford e de Cambridge e leccionou em diversas universidades norte-americanas. É membro da União Geofísica Americana e da Academia de Ciências dos EUA, tendo sido galardoado internacionalmente com vários prémios.