Catálogo
Voltar atrás
Novidade
-10%

O Genocídio Ocultado

Investigação Histórica Sobre o Tráfico-Negreiro Árabo-Muçulmano

Tidiane N’Diaye

  • Edição Fevereiro 2019
  • Colecção Trajectos
  • ISBN 978-989-616-872-8
  • Páginas 248
  • Capa Brochada/capa mole
  • Dimensões 15,5x23
€16,00 €14,40

Sete séculos antes do tráfico de escravos europeu, que não poderia ter, aliás, a dimensão que teve sem a participação dos negreiros árabes e africanos, os Árabes arrasaram a África subsariana durante treze séculos sem interrupção. A maior parte desses milhões de seres humanos que deportaram desapareceu,
em resultado do tratamento inumano que lhes foi infligido.

Essa dolorosa página da História dos povos negros não foi ainda definitivamente voltada.

Esse tráfico começou depois do fornecimento de escravos no Leste da Europa se ter esgotado, quando o emir e general árabe Abdallah ben Saïd impôs aos Sudaneses um
bakht (acordo), concluído em 652, obrigando-os a entregar anualmente centenas de escravos. A maioria desses homens provinha das populações do Darfour. E começou aí uma enorme horrorosa punção humana que só terminaria oficialmente no século XX. Muito depois da escravatura na Europa e do tráfico atlântico terem sido reconhecidos, abolidos e punidos.

Porque têm sido ocultados estes factos históricos?