Catálogo
Voltar atrás
-10%

Simetria

Hermann Weyl

  • Edição Janeiro 2017
  • Colecção Ciência Aberta – Grandes Clássicos
  • ISBN 978-989-616-764-6
  • Páginas 188
  • Dimensões 0 x 0
€15,00 €13,50

" Weyl apresenta neste livro um estudo magistral e fascinante das aplicações do princípio da simetria na escultura, na pintura, na arquitectura, na decoração e no design, as suas manifestações na natureza orgânica e inorgânica e o seu significado filosófi

Simetria é um estudo clássico da simetria na matemática, nas ciências, na Natureza e na arte de um dos maiores matemáticos do século XX. Weyl desenvolve o conceito de simetria começando com a ideia de harmonia de proporções e afastando-se gradualmente dela para estudar as suas variedades e manifestações mais abstractas - como simetria bilateral, translacional, rotacional, ornamental e cristalográfica. Weyl investiga a ideia matemática geral subjacente a todas essas formas particulares, usando numerosas ilustrações. Simetria mostra, através da enorme variedade das suas aplicações, a extrema importância deste conceito.

 

" Weyl apresenta neste livro um estudo magistral e fascinante das aplicações do princípio da simetria na escultura, na pintura, na arquitectura, na decoração e no design, as suas manifestações na natureza orgânica e inorgânica e o seu significado filosófico e matemático."

 

Scientific American

 

"Este pequeno livro sobre um assunto vasto é uma obra de mestre. Com palavras rigorosas e sapientes, [Weyl] mostra-nos o cerne da questão. Não há outro livro como este sobre o tema da simetria e duvido que algum livro futuro sobre o tema não venha a basear-se neste [...]. Para além da matemática, o seu conteúdo é tão rico que poderá ser lido com proveito e prazer por alguém que não avançou muito nessa disciplina."

 

John Tyler Bonner, Science

"Weyl revela e transmite um conhecimento profundo do conceito de simetria, discutindo o seu fundamento com base na teoria dos grupos, as suas aplicações em física, química e biologia, bem como as suas manifestações na arte."

 

Manfred Eigen e Ruthild Winkler, O Jogo