Catálogo
Voltar atrás
-10%

História Da Cultura Em Portugal - Vol. II - Gil Vicente, Reflexo da Crise

António José Saraiva

  • Edição Janeiro 2000
  • Colecção Obras de António José Saraiva
  • ISBN 978-972-662-745-6
  • Páginas 160
  • Dimensões 0 x 0
€12,11 €10,90
Gil Vicente não faz mais do que glosar o "Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus" do Sermão da Montanha. Mas esta frase evangélica, mecanicamente repetida por outros, parece ter nele um conteúdo substancial.
Ora, esta utopia dos simples e ignorantes, que imaginam o Céu como uma serra farta de gado, que não sabem rezar, que desejam aos anjos, como recompensa, um bom casamento, tem talvez algum significado. Pelo menos acentua o carácter negativo da ideologia vicentina na medida em que se opõe a um mundo real de mercadores, senhores feudais e pregadores eruditos. Aqueles que nada têm, nem terra, nem sabedoria, nem arte de viver, são os perfeitos, estão à porta do paraíso e deles é o reino dos céus. Uma espécie de idade de ouro é sonhada por Gil Vicente no mundo pastoril.

A.J.S.