Catálogo
Voltar atrás
-10%

Os Militares e o Poder

seguido de O Fim de Todas as Guerras e a Guerra Sem Fim

Eduardo Lourenço

  • Edição Janeiro 2013
  • Colecção Obras de Eduardo Lourenço
  • ISBN 978-989-616-509-3
  • Páginas 148
  • Dimensões 0 x 0
€13,50 €12,15

Eduardo Lourenço não cessa de nos surpreender com a sua clarividência - quase vidência - e argúcia. Neste livro, com textos dos anos 70 (à excepção do último, escrito propositadamente para esta colectânea), revelam-se com extrema clareza as características do povo português que o fazem viver ciclicamente momentos de angústia e dificuldade. Implacável e certeiro na análise, Eduardo Lourenço mostra-nos a uma luz crua o que somos e, consequentemente,o que nos espera.

 

«Portugal é, neste momento, um país nu. Quer dizer, um país sem nenhum álibi histórico, entrincheirado na sua confinada faixa atlântica, sem possibilidades de sonhar outro sonho que o seu próprio, caseiro. Nós passámos séculos a fugir de nós mesmos enquanto apenas portugueses. Fuga simultaneamente estelar e criadora que não permitiu nunca que nos encontrássemos connosco mesmos. Fomos sempre outros. Essa fuga é agora impossível. Chegou a hora desse encontro secularmente adiado para o qual ninguém sabe até que ponto estamos colectivamente preparados. [...] A nossa aventura histórica é a de um povo que viveu sempre em bicos dos pés, acima das suas possibilidades reais, esperando tudo de milagres que às vezes aconteciam, de dons sebastiões e de caldos de portaria, a ponto de converter esta existência pícara em segunda natureza. Quando os desastres aconteceram descobriu-lhes logo o antídoto, criando a especialidade lusitana por excelência de transfigurar os alcácer-quibires reais em aljubarrotas fictícias.»

 

 

Expresso, 3-5-1975