Catálogo
Voltar atrás
Novidade
-10%

As Fronteiras da Razão

Um céptico racional num mundo irracional



Julian Baggini

  • Edição Abril 2019
  • Colecção Filosofia Aberta
  • ISBN 978-989-616-891-9
  • Páginas 332
  • Capa Brochada/capa mole
  • Dimensões 13,5x21
€21,50 €19,35

«Baggini, que tem um pé no mundo académico da filosofia e o outro no mundo do jornalismo, passa habilmente do plano abstracto ao plano prático. Misturando lucidez e paixão, Baggini mostra o quão a razão é mais rica e mais variada do que se supõe.»

Jane O'Grady, Financial Times

A razão, depois de ter sido encarada durante séculos como um juiz imparcial com amplas provas dadas, tem ultimamente vindo a ocupar o lugar de acusada. Este livro do filósofo Julian Baggini procura mostrar como se chegou aqui e como se pode salvar a racionalidade do cerco irracionalista que a ameaça. Argumenta, apoiando-se em abundantes exemplos, que os inimigos da razão não são apenas os que desdenham a racionalidade, mas que também se encontram entre os que se dizem seus defensores intransigentes. Por isso, considera que é preciso defender a racionalidade — a nossa única esperança para sair do lamaçal intelectual do tempo em que vivemos — dos inimigos externos da razão, mas também dos seus adeptos mais deslumbrados, cuja sobranceria os impede de reconhecer os próprios limites da razão e os leva a defender uma concepção demasiado restrita da racionalidade. Baggini propõe, então, uma correcta reavaliação do conceito de racionalidade, que precisa de deixar de ser o conceito político em que se tornou e cuja função consiste basicamente em descobrir uma justificação para as crenças que à partida nos recusamos a abandonar. Assim, uma racionalidade não empobrecedora e construtiva, embora inclua o raciocínio lógico-científico, recorre também a formas de discernimento racional que não são explicáveis nesses termos.

Conclui que uma noção correcta de racionalidade envolve simplesmente a aplicação do pensamento crítico e o compromisso com uma «comunidade de razão» em que as
divergências são abertamente e publicamente debatidas, ao invés de serem encerradas pela força bruta ou pelo poder político. Este é um livro simultaneamente desafiador e ponderado, com várias ideias originais sobre um dos temas mais relevantes do nosso tempo.