Catálogo
Voltar atrás
-40%

O Jazz da Física

A Ligação Secreta Entre a Música e a Estrutura do Universo

Stephon Alexander

  • Edição Janeiro 2016
  • Colecção Ciência Aberta
  • ISBN 978-989-616-739-4
  • Páginas 336
  • Dimensões 0 x 0
€19,90 €11,94
Cobrindo a história do Universo, do Big Bang à eternidade, toda a sua estrutura, da macroescala à microescala, este livro inspirará qualquer pessoa interessada nos mistérios do Universo, da música e da própria vida. «Maravilhoso.» – New Scientist
Física com notas de música, uma combinação fascinante!

Inspirado por Einstein, Coltrane colocou a física e a geometria no centro da sua música. Neste livro, o físico e músico de jazz Stephon Alexander recorre ao jazz para responder a algumas das perguntas mais inquietantes da física, sobre o passado e o futuro do Universo. Seguindo os grandes mestres que desenharam inicialmente as relações entre música e física, onde se incluem Pitágoras, Kepler, Newton e Einstein, esta obra revisita o mundo antigo e transporta-nos para o presente.

Nesta viagem cosmológica, o leitor é convidado a acompanhar a história do autor, na sua busca de conciliar a sua paixão tanto pela música como pela física. Ao tocar saxofone e improvisar com equações, Stephon Alexander descobriu a conexão entre as ondas fundamentais que compõem o som e as ondas fundamentais que compõem tudo o resto.

«Neste livro, a música será a analogia que nos ajudará não só a compreender boa parte da física e cosmologia modernas, mas também a desvendar alguns dos recentes mistérios com que os físicos se defrontam.»

Cobrindo a história do Universo, do Big Bang à eternidade, toda a sua estrutura, da macroescala à microescala, este livro inspirará qualquer pessoa interessada nos mistérios do Universo, da música e da própria vida.

«Maravilhoso.» – New Scientist

«A música, a física e a matemática têm estado em sintonia desde Pitágoras e Kepler, mas o livro de Stephon Alexander cria uma nova e poderosa ressonância, juntando o improviso jazzístico com a volátil personalidade da mecânica quântica, fazendo vibrar as fronteiras da cosmologia e da gravidade quântica como em nenhum outro livro.»

João Magueijo, Professor de Física no Imperial College de Londres