Newsletter
Receba as nossas novidades na sua caixa de correio.


Descarregue aqui o catálogo da editora em formato pdf.
50%
UNIVERSO, COMPUTADORES E TUDO O RESTO
Colecção: Ciência Aberta

Páginas: 114
Ano de edição: 1994
ISBN: 978-972-662-346-5
7,57 €
3,79 €

Quantidade:
Sinopse
O trabalho do físico consiste em extrair princípios simples da complexidade dos fenómenos do universo. Os computadores vieram alargar o leque das formas como ele e os outros cientistas decifraram a realidade natural, revelando-se utensílios excelentes não só para descobrir e compreender o nosso universo, mas também para explorar universos alternativos. O facto de um computador ser capaz de imitar o universo tem levado até alguns autores a interrogarem-se sobre se o universo não será, ele próprio, um computador.

Este é o tema central da primeira parte deste livro de Carlos Fiolhais, que, na segunda parte, nos apresenta o trabalho de alguns pensadores contemporâneos - Manfred Eigen, Edgar Morin, Benoît Mandelbrot - que, com ou sem computador, se interrogam sobre o funcionamento do universo. Em suma, um livro que fala de universo, computadores e muito mais.

Carlos Fiolhais nasceu em Lisboa em 1956. Doutorou-se em Física Teórica, na Alemanha, em 1982, e é professor associado do departamento de Física da Universidade de Coimbra, onde também dirige o Centro de Informática. Responsável pelo projecto de Softciências para a produção e difusão de software educativo, é autor do livro Física Divertida e de numerosos artigos de divulgação científica, publicados em vários jornais e revistas. É ainda co-director da Gazeta Física, revista Sociedade Portuguesa de Física.

Consulte o blog do autor em: http://dererummundi.blogspot.com
Autor(es)
CARLOS FIOLHAIS (n. 1956).

Doutorado na Universidade Goethe, em Frankfurt am Main, em 1982. É professor de Física na Universidade de Coimbra. Publicou mais de 60 livros, alguns deles editados noutros países, entre os quais, na Gradiva,  Física Divertida, Nova Física DivertidaA Coisa Mais Preciosa que Temos, Curiosidade Apaixonada, Engenho Luso e Outras Crónicas, Darwin aos Tiros e Outras Histórias de Ciência e Pipocas com Telemóvel e Outras Histórias de Falsa Ciência (os dois últimos com David Marçal).

Foi Director da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra.

É um dos cientistas e divulgadores de ciência mais conhecidos em Portugal. Foi agraciado com vários prémios e distinções, entre os quais um Globo de Ouro da SIC e a Ordem do Infante D. Henrique.

Consulte o blog do autor em http://dererummundi.blogspot.com.

Foi o vencedor do Grande Prémio Ciência Viva Montepio 2017.