Newsletter
Receba as nossas novidades na sua caixa de correio.


Descarregue aqui o catálogo da editora em formato pdf.
50%
A Presumível Fidelidade das Partes
Colecção: Gradiva

Páginas: 272
Ano de edição: 2013
ISBN: 978-989-616-490-4
Capa: Brochado (capa mole)
16,5 €
8,25 €

Quantidade:
Sinopse

Diego Lombardi, um escritor chileno na maturidade, enfrenta o colapso da sua vida conjugal. Vê a sua sedutora mulher, Mariluz, namoriscar de maneira flagrante com outro homem durante uma palestra sobre as civilizações que outrora floresceram no litoral de África, proferida pelo conhecido autor africano Matt Kizerbo, de passagem por Santiago.


No irromper das emoções, de casais que se juntam e se separam a seu bel-prazer, o africano Kizerbo envolve insidiosamente Lombardi na escrita de um livro que será supostamente um tributo à sua aldeia de origem, em África. A obra torna-se um sucesso, até que uma funcionária da embaixada norte-americana, submersa nas suas próprias atribulações amorosas, a denuncia como um panfleto afim do integralismo islâmico.


Soltam-se a paranóia e o medo, num mundoaparentemente seguro, mas onde toda a fidelidade – política, sexual ou simplesmente humana – é posta em causa, à beira do abismo.


Um romance brilhante, que rebusca as profundezas da alma para descobrir e revelar a natureza tragicómica da nossa existência.


«Um narrador nato.»

The New York Times


«Uma prosa dinâmica, explosiva, dominada pela aventura, pelo sarcasmoe pelo humor.»

La Vanguardia


«Collyer é um agitador, um observador apaixonado do inquietante, um provocador.»

Jorge Edwards, Prémio Cervantes

Autor(es)
Jaime Collyer nasceu em Santiago do Chile em 1955. Psicólogo de formação, estudou ainda Relações Internacionais e Ciências Políticas em Madrid. Publicou romances e contos, muitos deles premiados. Entre os galardões obtidos, contam-se o Prémio Municipal de Santiago,o prémio Juegos Literarios Gabriela Mistral, o Prémio Jauja do Conto em Espanha e o prémio de narrativas eróticas da revista Playboy. Traduzidos para inglês e outras línguas, os seus contos têm suscitado o vivo elogio da crítica norte americana. Colabora regularmente em vários meios de comunicação social e lecciona na Escola de Literatura Criativa da Universidad Diego Portales.