Catálogo
Voltar atrás
-10%

Massa Crítica

O modo como uma coisa conduz a outra

Philip Ball

  • Edição Janeiro 2009
  • Colecção Fora de Colecção
  • ISBN 978-989-616-296-2
  • Páginas 624
  • Dimensões 0 x 0
€10,00 €9,00

Como é que, na nossa vida, uma coisa conduz a outra?

Um cruzamento surpreendente da física com as ciências sociais. Uma explicação de como podemos compreender o comportamento humano através da apreciação da totalidade das decisões tomadas, e não da análise de acções individuais. De Thomas Hobbes e Adam Smith à investigação moderna sobre o tráfego rodoviário e o funcionamento dos mercados, contemplando áreas tão distintas como a economia, a sociologia e a psicologia, Philip Ball mostra-nos como somos afectados, exactamente, pelo comportamento dos outros. Existirão «leis naturais» a reger a realidade humana? E como é que, na nossa vida, as coisas se encadeiam?

O QUE SE DIZ SOBRE O LIVRO

«[Ball] está tão à vontade quando se debruça sobre a ficção de Tolstoi e Vonnegut como quando se debruça sobre a mecânica newtoniana, a economia keynesiana ou uma multidão que canta em coro num desafio de futebol. A sua abrangência é enorme - e valiosa.» Daily Telegraph

«Há algo para toda a gente - as causas da criminalidade, o modo como as cidades se desenvolvem, a diplomacia arriscada da guerra fria, o modo como o pânico se espalha por uma multidão, a forma da Internet e o velho favorito, o jogo de rede dos «seis graus para Kevin Bacon». Uma cornucópia de tópicos compensadora... escrita sempre de forma elegante.» Fortean Times

«Ball investiga muito para lá das parangonas actuais... Substancial, impecavelmente investigado e persuasivo. Para alguém que queira aprender algo sobre a fermentação intelectual, no cruzamento surpreendente da física e das ciências sociais, Massa Crítica é o ponto de partida.» Nature

«Lúcido, acessível e envolvente... Ball defende o argumento de forma persuasiva e abrangente e é um antídoto bem-vindo contra o pensamento popular individualista.» Glasgow Herald

«Requintadamente produzido e exaustivamente investigado... Ball escreve de modo paciente e eloquente... Excitante... Uma chamada empolgante às fileiras e uma resposta elegante à tradição superficial do empirismo britânico.» Independent

O AUTOR
Philip Ball é químico, com doutoramento em física. Foi um dos editores da revista Nature durante mais de dez anos e tem Uma dezena de livros publicados. Massa Crítica valeu-lhe o Prémio Aventis em 2005. Philip Ball é hoje um escritor a tempo inteiro. Mora em Londres.