Catálogo
Voltar atrás

O Olhar Oblíquo do Mal

Dean Koontz

  • Edição Janeiro 2004
  • Colecção Gradiva
  • ISBN 978-972-662-980-1
  • Páginas 668
  • Dimensões 0 x 0
€7,50

Quatro destinos misteriosamente ligados numa sucessão de acontecimentos insólitos

Bartholomew Lampion vem ao mundo na Califórnia. Tem os olhos mais belos que se possam imaginar. No mesmo instante, a centenas de quilómetros desse local, Junior Cain, um ser cruel vítima de uma perturbação misteriosa, tem o pressentimento de que um homem genial que virá um dia a ser seu inimigo mortal acaba de nascer. Cain não sabe quem é esse homem nem onde possa estar - sabe apenas que terá de o eliminar. Enquanto Cain semeia o terror e faz correr sangue por onde quer que passe, o detective Vanadium lança-se em sua perseguição para o impedir de levar a cabo o seu intento. Ao mesmo tempo, em São Francisco, nasce Angel, uma criança dotada de poderes misteriosos...

Ao longo de uma intriga surpreendente, estes quatro destinos vão acabar por se entrelaçarem, aparentemente para o pior e - talvez - para o melhor. Uma aventura de cortar a respiração num thriller psicológico que é também uma exploração apaixonante da natureza humana. Dean Koontz nunca foi tão longe no terror e na exploração das nossas ansiedades mais profundas.


"Um romance absolutamente perfeito desde a primeira palavra até à última frase."
BOOKREPORTER.COM

"Poderosa emoção com um toque de maravilha espiritual. Esta emoção, que agita os personagens e irá fazer estremecer os leitores, faz deste livro um dos romances mais fortes de Koontz - e ele escreveu bastantes."
PUBLISHERS WEEKLY

"[Koontz] sempre teve poderes de descrição quase ao estilo de Dickens e uma capacidade de nos empurrar de uma página para outra que poucos romancistas conseguem igualar."
LOS ANGELES TIMES

"Dean Koontz não é apenas um mestre dos nossos sonhos mais obscuros, mas também um mágico literário."
THE TIMES

"Koontz tenta criar da mais séria literatura e é largamente bem sucedido em O Olhar Oblíquo do Mal."
USA TODAY

"Apesar de ter mais de 600 páginas, este livro nunca parece longo. Os personagens são cheios de vida e emocionalmente excitantes, gerando uma leitura rápida e compulsiva."
LIBRARY JOURNAL