Catálogo
Voltar atrás
-10%

O Magnífico Reitor

Diogo Freitas do Amaral

  • Edição Janeiro 2001
  • Colecção Fora de Colecção
  • ISBN 978-972-662-786-9
  • Páginas 112
  • Dimensões 0 x 0
€12,11 €10,90

O Magnífico Reitor é a primeira peça de teatro de Diogo Freitas do Amaral, escrita em 1999 e levada à cena no Teatro da Trindade em 2001. O texto baseia-se num facto histórico ocorrido no Portugal de Salazar: a proibição do «Dia do Estudante» pelo governo, em 1962, e a crise académica e política daí resultante.
Mas o enredo e as personagens são ficcionados. A peça versa sobre o poder e as suas tentações, sobre a coerência ou incoerência dos homens públicos, sobre as relações entre a política e o amor, sobre o conflito das gerações, sobre o confronto entre moderados e radicais e sobre a luta dos estudantes contra a ditadura e a repressão desta sobre o movimento estudantil.


DIOGO FREITAS DO AMARAL nasceu na Póvoa de Varzim, de família vimaranense, em 21 de Julho de 1941. Formou-se em Direito, em 1963, pela Universidade de Lisboa, onde se doutorou em 1967. Ascendeu a professor catedrático em 1984. Tem numerosa bibliografia científica publicada.
Foi fundador e primeiro presidente do CDS e seu presidente durante 12 anos. Levou o CDS ao governo, primeiro com o PS (1978) e depois com o PSD e o PPM (1980-1983). Foi deputado, ministro dos Negócios Estrangeiros e da Defesa Nacional, vice-primeiro-ministro e primeiro-ministro interino.
No plano internacional, foi presidente da União Europeia das Democracias Cristãs (1981-1983) e presidente da 50.ª Assembleia Geral da ONU (1995-1996).
É director da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa.