Newsletter
Receba as nossas novidades na sua caixa de correio.


Descarregue aqui o catálogo da editora em formato pdf.
40%
Pipocas com Telemóvel
e outras histórias de falsa ciência
Colecção: Ciência Aberta

Páginas: 276
Ano de edição: 2012
ISBN: 978-989-616-504-8
Capa: Brochado (capa mole)
12 €
7,20 €

Quantidade:
Sinopse
A falsa ciência que circula na internet, nos media, que se vê no supermercado e até - pasme-se! - na escola; a falsa ciência na saúde e a falsa ciência na própria ciência. Num livro bem-humorado e muito esclarecedor, os autores desmontam alguns «factos» pseudcientíficos que se construíram e alimentam no nosso quotidiano. Como eles próprios afirmam, «se a ciência pode ser divertida, a pseudociência é garantidamente muito divertida». Uma leitura informativa que expõe os logros mais actuais.
 
Este livro conta histórias de falsa ciência. Abundam as aldrabices científicas na Internet, de que o vídeo que mostrava milho a transformar-se em pipocas devido à radiação de telemóveis é um bom exemplo. Também há muitas tretas nos media, a começar logo pelos horóscopos. As prateleiras de supermercado estão recheadas de falsas promessas de medicina preventiva, das quais o escândalo do «iogurtegate» é uma das mais delirantes. Mas, pasme-se, a falsa ciência também é praticada e ensinada nalgumas escolas. E está bem mais presente do que julga na saúde. Nem as revistas científicas e as universidades escapam, pois também aí se encontra uma boa colecção de fraudes que mais cedo ou mais tarde acabam por ser descobertas.
 
Não há lugares seguros.
 
A única segurança terá de estar no leitor: uma atitude crítica poderá evitar-lhe contratempos e poupar dinheiro. Lembre-se de que a ciência assenta na observação, na experiência e na correcção de erros, e não nas palavras de pretensas autoridades que nunca aceitam ser corrigidas. Não se deixe enganar!
Autor(es)
CARLOS FIOLHAIS doutorou-se em Física Teórica pela Universidade de Frankfurt/ Main em 1982. É Professor Catedrático no Departamento de Física da Universidade de Coimbra desde 2000. Publicou 40 livros, entre os quais, na Gradiva, Física Divertida, Nova Física DivertidaA Coisa Mais Preciosa que Temos, Curiosidade Apaixonada, Engenho Luso e Outras Crónicas e Breve História da Ciência em Portugal. Foi Director da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra. Ganhou vários prémios e distinções, entre os quais um Globo de Ouro da SIC e a Ordem do Infante D. Henrique.

Consulte o blog do autor em http://dererummundi.blogspot.com.






DAVID MARÇAL é doutorado em Bioquímica pela Universidade Nova de Lisboa, em 2008. Colabora desde 2003 no «Inimigo Público», um suplemento do jornal Público, tendo escrito numerosos textos de humor sobre temas científicos. Foi jornalista de ciência do Público. Desde 2009 é coordenador dos Cientistas de Pé, um grupo de stand-up comedy formado por investigadores. É autor de vários espectáculos de teatro e programas de televisão sobre ciência. Venceu o Prémio Químicos Jovens/Gradiva da Sociedade Portuguesa de Química e o Prémio Ideias Verdes, promovido pela Fundação Luso e pelo jornal Expresso.