Newsletter
Receba as nossas novidades na sua caixa de correio.


Descarregue aqui o catálogo da editora em formato pdf.
10%
A Última Cruzada do Papa
Como Um Jesuíta Norte-americano Auxiliou a Campanha do Papa Pio XI Para Travar Hitler
Autor: Peter Eisner
Colecção: Fora de Colecção

Páginas: 288
Ano de edição: 2016
Capa: Brochado (capa mole)
15 €
13,50 €

Quantidade:
Sinopse
Uma edição que inclui extratexto com fotos da época.

E inclui excertos da encíclica de LaFarge.

Em 1938, o papa Pio XI era o crítico mais proeminente de Hitler e da sua retórica de «pureza» étnica. Para fazer ouvir a sua voz, apelou a um relativamente discreto jesuíta norte-americano cujos textos acerca do racismo na América lhe tinham captado a atenção. Pio XI solicitou a John Lafarge a redacção de uma encíclica papal a condenar publicamente Mussolini, o Terceiro Reich e a campanha assassina contra os judeus. Encetava desta forma uma nova cruzada que podia ter alterado o curso da Segunda Guerra Mundial. Mas alguns elementos conservadores do círculo mais restrito do Vaticano trabalhavam em segredo para a supressão do documento. Usando fontes inéditas, recorrendo a testemunhos registados, fazendo entrevistas exclusivas e investigação de documentos só recentemente vindos à luz do dia com a abertura dos arquivos do Vaticano, este livro proporciona-nos uma viagem surpreendente pelos bastidores da Santa Sé numa narrativa empolgante, plena de intriga e suspense, que se lê como um romance.

«Um lembrete importante de como as maquinações do Vaticano continuam a influir na história.» - Kirkus Reviews

Autor(es)
Peter Eisner foi editor e jornalista do Washington Post, do Newsday e da Associated Press. O seu livro, The Freedom Line, publicado em 2014, recebeu o Christopher Award. Eisner também foi galardoado com o prémio InterAmerican Press Association, em 1991, e foi nomeado para um Emmy, em 2010, pelo seu papel como produtor no programa noticioso «World Focus», da PBS. Dos livros publicados por Eisner destaca-se ainda The Italian Letter, escrito em colaboração com Knut Royce, que descreve a operação de informação fraudulenta desenvolvida pelos Serviços de Informações norte-americanos antes da invasão do Iraque pelos Estados Unidos.