Newsletter
Receba as nossas novidades na sua caixa de correio.


Descarregue aqui o catálogo da editora em formato pdf.
10%
História das Terras e dos Lugares Lendários
Autor: Umberto Eco
Colecção: Fora de Colecção

Páginas: 478
Ano de edição: 2015
ISBN: 978-989-616-638-0
Capa: Cartonado
Dimensões: 17 x 24 cm
29 €
26,10 €

Quantidade:
Sinopse
A nossa imaginação é povoada por terras e lugares inexistentes, da cabana dos sete anões às ilhas visitadas por Gulliver, do templo dos Thugs de Salgari ao apartamento de Sherlock Holmes.

Todavia, em geral, sabe-se que estes locais surgiram apenas graças à imaginação de um romancista ou de um poeta. Pelo contrário, nos tempos antigos, a humanidade construiu fantasias sobre locais considerados reais, como Atlântida, Mu, Lemúria, as terras da rainha de Sabá, o reino de Preste João, as Ilhas Afortunadas, o Eldorado, a Ultima Thule, Hiperbórea e o jardim das Hespérides, o local onde está guardado o Santo Graal, a rocha dos assassinos do Velho da Montanha, o país da Cocanha, as ilhas da Utopia, a ilha de Salomão e a Terra Austral, o interior de uma terra oca e o misterioso reino subterrâneo de Agarta. 

Alguns destes locais animaram simplesmente lendas fascinantes e inspiraram algumas das mais esplêndidas representações visuais que são reproduzidas neste volume, outros constituíram obsessões para a fantasia alterada de caçadores de mistérios, outros ainda estimularam viagens e explorações que possibilitaram, a viajantes de todos os países em perseguição de uma ilusão, a descoberta de novas terras.
Autor(es)
Umberto Eco (1932-2016) foi um eminente filósofo, medievalista e semiólogo italiano.

Estreou-se na narrativa com O Nome da Rosa (Prémio Strega 1981), a que se seguiram O Pêndulo de Foucault, A IIha do Dia Antes, Baudolino, A Misteriosa Chama da Rainha Loana e O Cemitério de Praga.

Entre as suas numerosas obras ensaísticas (académicas e outras), destacam-se: O Signo, Os Limites da Interpretação, Kant e o Ornitorrinco, A Passo de Caranguejo, Construir o Inimigo e outros escritos ocasionais, Obra Aberta, Dizer Quase a Mesma Coisa - Sobre a Tradução e Como se Faz uma Tese em Ciências Humanas. Organizou ainda os livros ilustrados História da Beleza, História do Feio e História das Terras e dos Lugares Lendários.