Newsletter
Receba as nossas novidades na sua caixa de correio.


Descarregue aqui o catálogo da editora em formato pdf.
10%
Os Banqueiros Vão Nus
O que está mal na banca e como o corrigir
Colecção: Trajectos

Páginas: 508
Ano de edição: 2015
ISBN: 978-989-616-632-8
Capa: Brochado (capa mole)
21,5 €
19,35 €

Quantidade:
Sinopse

Um livro relevante para perceber o que se tem passado na banca.


Com a última grande crise financeira internacional muito se passou a falar de regulação bancária. Mas nem sempre de modo esclarecedor.


Os últimos anos têm mostrado que os erros da Banca podem ter custos relevantes para a economia. Portugal não é excepção. Há quem defenda que um sistema bancário mais seguro implicaria o sacrifício de empréstimos e crescimento económico. Os Banqueiros Vão Nus é um livro que analisa esta afirmação e as histórias contadas por banqueiros, políticos e reguladores para fundamentarem a falta de reforma e conclui pela sua inadequação.


Os autores defendem que podemos ter um sistema bancário mais seguro e saudável sem sacrificar nenhum dos seus benefícios e sem custos para a sociedade.


Procuram envolver o público no debate, usando um tom acessível, sem se fecharem na terminologia técnica e apresentando as questões de modo simples e compreensível por todos. Trata-se de um livro relevante para perceber e interpretar o que se tem passado no sector bancário.


Os Banqueiros Vão Nus tem registado um forte reconhecimento internacional. Foi considerado um dos Melhores Livros de Economia de 2013 pelo Financial Times.


Nomeado para o Prémio Alemão para o Melhor Livro de Economia e Gestão pelo Handelsblatt, a Feira do Livro de Frankfurt e a Goldman Sachs, em 2013. Nomeado para o Prémio Spear para o Melhor Livro de Gestão, em 2013.


«O livro mais importante que saiu desta crise.»


Martin Wolf, Financial Times


«Admati e Hellwig cortam a direito os disparates convenientes dos banqueiros.»


John Cochrane, Wall Street Journal


«Um livro novo e importante, intitulado Os Banqueiros Vão Nus, oferece aquilo que mais faltava à legislação Dodd-Frank: uma solução simples e elegante para o problema da estabilidade financeira. Preconizam que os bancos devem financiar-se com mais capital próprio e menos com dívida – ou, de forma mais simples, que os bancos devem arriscar mais com o seu próprio dinheiro e menos com o dos outros.»


Christopher Matthews, Time.com
Autor(es)
Anat Admati é professora de Finanças e Economia na Stanford’s Graduate School of Business. Tem assento no FDIC Systemic Resolution Advisory Committe e escreveu para o Financial Times, o Bloomberg News e o New York Times.

Martin Hellwig é director no Max Planck Institute for Research on Collective Goods. Foi o primeiro presidente da Advisory Scientific Committee do European Systemic Risk Board e vencedor ex-aequo do Prémio Max Planck para Investigação pelo seu trabalho sobre regulação financeira.