Newsletter
Receba as nossas novidades na sua caixa de correio.


Descarregue aqui o catálogo da editora em formato pdf.
50%
A Partícula no Fim do Universo
Como a caça ao bosão de Higgs nos levou ao limiar de um mundo novo
Autor: Sean Carroll
Colecção: Ciência Aberta

Páginas: 424
Ano de edição: 2014
ISBN: 978-989-616-586-4
Capa: Brochado (capa mole)
21,5 €
10,75 €


Sinopse
Prefácio de José Mariano Gago

Winton Prize for Science Books, Royal Society


O bosão de Higgs, também chamado «partícula de Deus», é, para muitos, o maior avanço na nossa compreensão do Universo desde a cisão do átomo. Esta partícula esquiva foi finalmente descoberta em 2012 no CERN, na Suíça, após décadas de um esforço que exigiu mais de 6000 investigadores. A Gradiva orgulha-se de publicar a história de uma busca que começou com os atomistas da Grécia antiga e atingiu agora um cume histórico, que valeu o Prémio Nobel aos físicos que previram esse bosão, num livro que venceu o prémio de maior prestígio que distingue obras de divulgação científica. Qualidade imperdível.

O bosão de Higgs, também chamado «partícula de Deus», é, para muitos, o maior avanço na nossa compreensão do Universo desde a cisão do átomo. Essencial para entender por que razão existe a massa e, portanto, como são possíveis os átomos, esta partícula esquiva foi finalmente descoberta em 2012, após décadas de esforço que exigiu mais de 6000 investigadores, no Grande Colisionador de Hadrões (LHC), no CERN, na Suíça. Aqui se conta a história de uma busca que começou com os atomistas da Grécia antiga e atingiu agora um cume histórico, que valeu o Prémio Nobel aos físicos que previram esse bosão.

Físico no Caltech, Sean Carroll leva os leitores ao cenário do LHC para fazer luz sobre a ciência do bosão de Higgs. O que há de tão especial no Higgs? Como Carroll tão bem explica, sem o Higgs não existiria a massa das partículas elementares e o mundo seria muito diferente. Descobriu-se a peça final do puzzle da matéria comum: os átomos e as forças por trás de tudo. E agora está a abrir-se a porta para o mundo misterioso da matéria escura e mais além. A descoberta do Higgs representa o triunfo da paixão humana e o alvorecer de uma nova era na nossa exploração do cosmos.

Esta é uma história irresistível do modo como a curiosidade humana conduziu à maior conquista científica do nosso tempo, servindo o prefácio de José Mariano Gago e colaboradores para lembrar a participação portuguesa.

A Partícula no Fim do Universo
ganhou em 2013 o Winton Prize for Science Books da Royal Society de Londres, o prémio de maior prestígio dado a livros de divulgação de ciência.

«Um relato maravilhosamente acessível de alguns dos mais profundos mistérios da física moderna [...]. Fascinante, levado a um nível pouco habitual numa obra de divulgação científica.»

Roger Penrose, autor de O Grande, o Pequeno e a Mente Humana e Ciclos de Tempo


«O livro de Sean Carroll é um guia seguro para os mais intrigantes e fascinantes avanços da física moderna.»

Brian Greene, autor de O Universo Elegante e O Tecido do Cosmos

Ver o vídeo com a explicação do livro pelo autor aqui.

Autor(es)
Sean Carroll é um físico norte-americano que trabalha no California Institute of Technology (Caltech), a escola onde Feynman ensinou. Cosmólogo, especializou-se em relatividade geral e energia escura. Tem presença assídua na televisão, rádio, imprensa e blogosfera. É o autor de outro livro de divulgação científica de grande êxito: From Eternity to Here (2010), sobre o enigma da «seta do tempo». Carroll doutorou-se em 1993 na Universidade de Harvard e trabalhou depois no MIT, na Universidade da Califórnia (Santa Barbara) e na Universidade de Chicago.