Newsletter
Receba as nossas novidades na sua caixa de correio.


Descarregue aqui o catálogo da editora em formato pdf.
10%
OLIVEIRA MARTINS: UM COMBATE DE IDEIAS

Páginas: 112
Ano de edição: 1998
ISBN: 978-972-662-658-9
5,55 €
5,00 €

Quantidade:
Sinopse
Muito se tem dito sobre o pessimismo da geração portuguesa de 1870. Tem-se afirmado que esses homens -- Oliveira Martins, Antero de Quental e Eça de Queirós -- descreram da nossa identidade e do país. Trata-se porém de uma consideração manifestamente injusta. Construíram a primeira geração influente no período da monarquia constitucional que não participou de armas na mão na defesa dos seus ideais, mas que compreendeu, melhor do que ninguém, que o país não poderia fechar-se sobre si. A geração de Oliveira Martins sonhou com a Europa e viveu com angústia a distância do progresso, procurando negar o fatalismo do atraso e da ignorância. É este o percurso que aqui se analisa. É de um magistério cívico e pedagógico que se trata. A vida de Oliveira Martins (1845-1894) é um exemplo de combate, permanente, para que as ideias se fizessem justiça e solidariedade.

Autor(es)
Guilherme d’Oliveira Martins (n. 1952) é Presidente do Centro Nacional de Cultura, ensaísta e docente universitário. Desempenha as funções de Presidente do Tribunal de Contas (desde 2005) e foi Secretário de Estado da Administração Educativa, Ministro da Educação, Ministro da Presidência e das Finanças, deputado independente à Assembleia da República, Presidente da SEDES e Vice-Presidente da Comissão Nacional da UNESCO. Coordenou, no Conselho da Europa, a redação da Convenção de Faro (2005) sobre o valor do Património Cultural na Sociedade Contemporânea, de cujos trabalhos deu conta na obra Património, Herança e Memória – A Cultura como Criação, publicada na Gradiva.