Newsletter
Receba as nossas novidades na sua caixa de correio.


Descarregue aqui o catálogo da editora em formato pdf.
10%
Nas Margens - Ensaios sobre Teatro, Cinema e Meios Digitais
Colecção: Arte e Media

Páginas: 220
Ano de edição: 2010
ISBN: 978-989-616-361-7
14,13 €
12,72 €

Quantidade:
Sinopse
Os novos percursos pelos quais as artes transitam - seja o teatro, o cinema, o vídeo ou os ambientes digitais - apontam para um diálogo entre meios, formas de expressão e temas que subverte a noção de campos estéticos e conceituais distanciados e promove uma imbricação entre estas diversas manifestações.
 
Os textos que compõem esta antologia situam-se numa linha ténue que permeia diferentes meios de expressão, ressaltando as suas margens, que não estão apenas nas bordas, mas também no interior das próprias manifestações artísticas e comunicacionais. Abordam processos da criação artística e tecnológica, tanto autorais quanto interactivos, em suas relações com o ensino, a prática, a teoria e a crítica, explicitando os seus limites intersticiais.
 
Para empreender este rico debate de ideias, o livro foi organizado a partir dos projectos teóricos e práticos dos investigadores do Centro de Investigação em Artes e Comunicação e de investigadores portugueses e estrangeiros de universidades de reconhecido mérito internacional, tais como a Universidade de São Paulo, a Simon Fraser University, a Universidade Estadual do Rio de Janeiro e a Universidade Federal de São Carlos.
 
OS AUTORES
 

Ana Isabel Soares, António Branco, Bruno Silva, David Antunes, Erick Felinto, Gabriela Borges, Hudson Moura, José Paulo Pereira, José Simões de Almeida Junior, Josette Monzani, Mirian Tavares, Nelson Zagaloe Rosana Soares.

 

 

A COLECÇÃO
 

A colecção Artes e Media nasce de um desafio lançado pelo CIAC – Centro de Investigação em Artes e Comunicação – à Editora Gradiva. A ideia era juntar, num projecto comum, uma casa editorial de excelência e um centro que procura, através de diversas acções, revitalizar os estudos nas áreas das manifestações artísticas sobretudo no que diz respeito à sua relação com os media. Os processos de criação e difusão artística, mais do que nunca, estão ligados às tecnologias; por sua vez, a explosão de novos media faz com que estes integrem, necessariamente, as artes como instância criativa e criadora de novos produtos. A contemporaneidade é marcada pela hibridez e pela multiplicação de discursos verbo-visuais que exigem ao receptor uma enorme capacidade de leitura – o mundo tornou-se um texto que necessita ser descodificado para melhor ser apreendido. Assim sendo, esta colecção reflecte o espírito de um centro de investigação que alia a criação artística aos estudos teóricos, na tentativa de enriquecer um e outro e de ajudar, tanto os investigadores como os leitores, a perceber melhor o universo artístico e mediático no qual estamos envolvidos.
 

A COORDENADORA DA COLECÇÃO
 

Mirian Tavares é doutorada em Comunicação e Cultura Contemporâneas, pela Universidade Federal da Bahia. Tem desenvolvido o seu trabalho de investigação e de produção teórica, em domínios relacionados com o Cinema, a Literatura e outras Artes, bem como nas áreas de estética fílmica e artística. É professora auxiliar da Universidade do Algarve, onde dirige o mestrado e o doutoramento em Comunicação, Cultura e Artes. Da sua obra publicada destacam-se a coordenação de um livro sobre Literatura e Cinema (2007): É Perigoso debruçar-se para dentro e ensaios publicados em livros e revistas nacionais e internacionais. Actualmente é coordenadora do CIAC.

Autor(es)
Gabriela Borges é mestre e doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, Brasil. Foi investigadora visitante na Universidade Autônoma de Barcelona, no Trinity College Dublin, tendo leccionado também nas universidades FAAP e Mackenzie, no Brasil. Actualmente é investigadora auxiliar convidada do CIAC na Universidade do Algarve, onde também lecciona no Mestrado em Comunicação, Cultura e Artes. Tem artigos publicados em livros e revistas científicas portuguesas e estrangeiras, co-organizou o livro Discursos e Práticas de Qualidade na Televisão (2008) e publicou A poética televisual de Samuel Beckett (2009).