Newsletter
Receba as nossas novidades na sua caixa de correio.


Descarregue aqui o catálogo da editora em formato pdf.
10%
O Tecido do Cosmos
Espaço, Tempo e Textura da Realidade
Autor: Brian Greene
Colecção: Ciência Aberta

Páginas: 896
Ano de edição: 2006
ISBN: 978-989-616-105-7
12,5 €
11,25 €

Quantidade:
Sinopse
Espaço e tempo formam o verdadeiro tecido do cosmos. No entanto, estes conceitos são ainda um grande mistério. O espaço é uma entidade? Porque é que o tempo tem um sentido? Poderia o universo existir sem espaço nem tempo? Poderemos viajar até ao passado?

Greene usa estas e outras questões para nos pôr a par das mais recentes teorias da ciência moderna relativamente ao universo. Revela que o mundo é muito diferente daquilo que a experiência comum nos poderia levar a crer - objectos muitíssimo distantes entre si podem superar o seu afastamento espacial para coordenarem instantaneamente o respectivo comportamento ou mesmo sofrerem teletransporte. Centrando-se no enigma do tempo, o autor afirma que nada nas leis da física obriga a que este avance numa direcção específica, e declara que a "seta do tempo" é uma relíquia do estado do universo no momento do big bang. E, explicando o big bang, demonstra como alguns resultados muito recentes relativos a supercordas e teoria-M podem conciliar o comportamento de tudo, desde a mais pequena partícula ao maior buraco negro. Esta incrível visão culmina num "multiverso" vibrante, a onze dimensões, pulsante de texturas em perpétua mutação, onde os próprios espaço e tempo podem dissolver-se em entidades mais subtis e fundamentais.

Com o humor, a ironia e o brilhante uso de analogias que fizeram de O Universo Elegante um clássico moderno, Brian Greene transporta-nos a todos, independentemente dos nossos conhecimentos científicos, numa viagem irresistível e reveladora às novas camadas da realidade que a física moderna descobriu sob a superfície do nosso mundo quotidiano.
Autor(es)
BRIAN GREENE licenciou-se na Universidade de Harvard e doutorou-se em Oxford. Foi Professor Catedrático da Universidade de Cornell passando, a partir de 1996, para a Universidade de Columbia. É amplamente conceituado por várias descobertas fundamentais relacionadas com a teoria de supercordas. O seu primeiro livro, O Universo Elegante, foi galardoado com o Prémio Aventis para o melhor livro de ciência em língua inglesa 2003 e foi finalista do Prémio Pulitzer. Vive em Nova Iorque.